13 de julho de 2017

À procura de dias melhores #JTD13


Quem está a passar pelo mesmo sabe o quanto  a procura de emprego isto é frustrante!
Há cerca de um mês e meio comecei por enviar currículos por email para várias instituições da minha área (jardins de infância, creches, centro de explicações, ATL, associações de apoio a crianças, e até para editoras ligada à educação). Passou um mês e meio e só uma instituição me respondeu  a dizer que de momento não estavam a contratar ninguém mas se quisesse para me candidatar a voluntariado lá, mas pelo menos respondeu ao contrário das outras dezenas de instituições. 
Nestas últimas semanas tenho-me focado em entregar os currículos à mão, basicamente percorro, a pé, vários quilómetros para fazer uma candidatura espontânea e rara é a vez que não saio do lugar sem ter a sensação que o currículo foi direto par o lixo...

Eu não quero desistir já de procurar na minha área, apesar de ainda não ter terminado o mestrado, já sou licenciada, já tenho algo a que me agarrar, mesmo que seja para começar por baixo eu quero é começar...

Agora é ter esperança e continuar a batalhar porque afinal de contas "não há impossíveis"!



2 comentários:

Muito obrigada pelo comentário! A vossa opinião é muito importante e ajuda-me a melhorar o conteúdo!
Após aprovação responderei a todos os comentários e visitarei os vossos blogs.
Espero que voltem!